Livros

Resenha: O Braço da Espada

braço-espada

Hoje vim falar sobre um livro que me surpreendeu: O Braço da Espada – Aquele que Galgou ao Norte. Inicialmente, estava meio receosa em relação a ele. Esses livros que tem uma vibe Game of Thrones me deixam assustada (apesar de eu amar), hahaha. Pois eles, geralmente, são um mix de muitos personagens com descrição excessiva de cenários (alô Tolkien!).

Felizmente, o novo autor Zeca Lima, conseguiu balançar bem isso. Descrevendo a história de maneira a não entediar o leitor mas, ao mesmo tempo, dando uma boa ideia do que estava se passando. Afinal, livros de literatura fantástica, em grande maioria, ocorrem em mundos diferentes do nosso. Então, é normal que o enredo demore mais a se desenvolver pois, juntamente com a história da cada personagem, é preciso apresentar o local em que os mesmos estão.

E é isso que o autor faz. Junto com a trama principal, ele mostra pequenos parágrafos que explicam como o Reino de Calimbra, suas guerras, problemas, inimigos, religião e etc, funcionam. Achei algo bem “Tolkien” mesmo, haha. O que é ótimo! Num mundo estilo medieval, não podem faltar lutas certo? No geral, achei que o Zeca escreve muito bem mas, as cenas de lutas foram espetaculares. Daquelas que você começa a suar a mão e molhar a página, hahaha. Os personagens são muito cativantes e estou muito in love com o Raven! <3

braço-espada_foto

Agora, uma coisa que me incomodou foi o “pouco tempo de cena” da Vidana. Lendo a sinopse faz parecer que ela e o Raven são as grandes estrelas do livro. E o Raven de fato é! Mas a Vidade poderia ter tido um espaço maior na história para fazer a sinopse ter sentido. Outra coisa que achei meio ruim é que, em alguns momentos, a história fica bem confusa. Quando terminava algum capítulo, pensava “Wtf, que tá acontecendo aqui?!”. Hahaha. Ao chegar mais para o fim do livro, fui entendendo melhor as coisas. Mas, tive que chegar ao fim do livro para que isso acontecesse.

No geral, O Braço da Espada é um livro à lá Game of Thrones + Tolkien, mas de maneira muito mais sóbria e sem obscenidades, hahaha. Repleto de lutas emocionantes e personagens fortes! Foi uma leitura ótima e super recomendo aos fãs de literatura fantástica e medieval!

Share:
Post Anterior Próximo Post

Posts Relacionados

Nenhum Comentário

Responder