Livros

Resenha: Frozen

frozen

Let it go. Let it go! Não, pera… Frozen errado! Hahahaha. Admito, a primeira vez que vi esse livro, imaginei que fosse algo relacionado ao filme da Disney. Mas, não! A única coisa que eles tem em comum é o nome. Esse é um daqueles livros que eu vejo a capa, me apaixono, e quero comprar na mesma hora. Vai dizer, a capa é maravilhosa ou não é?!

Infelizmente, apesar de eu ter gostado do livro, eu esperava mais. Mas, vamos pelo começo. Estamos falando de uma distopia. O mundo sofreu um apocalipse congelante e, agora, tudo é tomado pela neve e o gelo. O que antes era Las Vegas, agora é Nova Vegas. Como muitos livros desse gênero, não sabemos o que de fato aconteceu para o mundo ficar assim, apenas que o homem está envolvido (e eu anseio pelo dia que um livro distópico apresente como o apocalipse aconteceu, hahaha).

Então, o livro é centrado em Nat e Wes. Eles são aquele típico casal clichê, que no início não estão muito aí um com o outro e depois se apaixonam perdidamente (isso não é ruim, eu adoro, haha). Além deles, há a trupe de Wes, que ajudam ele na vida de mercenário e dão aquela pitada de humor à história.

Algo que achei engraçado (?) em relação aos personagens foi a idade deles. Quando você está lendo, tem a impressão que se tratam de pessoas de 20 e poucos anos enquanto, na verdade, eles tem 16. Achei isso muito interessante, porque os autores escreveram de um jeito que você percebe como um mundo em descaso amadurece as pessoas, você é forçado a aprender a sobreviver, independente da sua idade.

Mas, como eu disse acima, eu esperava mais. Achei que o contexto do mundo, das pessoas e dos “diferentes” (sem spoiler) poderiam ser melhor desenvolvidos. Achei a história um pouco apressada demais. Num minuto você está em Nova Vegas e, quando vê, já está num barco no meio de um oceano de lixo. Enfim, não acho que isso comprometeu o livro, apenas acho que o livro seria ainda melhor se algumas partes fossem melhor explicadas.

Mais uma vez, Frozen é um livro que merece ser lido pelos fãs do gênero. É diferente, com uma ideia diferentes e não clichê. É uma leitura rápida e agradável e espero que tenha uma continuação!

Share:
Post Anterior Próximo Post

Posts Relacionados

4 Comentários

  • Responder Stephanie Ferreira

    Tão chato quando o livro é lindo (esta capa está maravilhosa) e a sinopse é ótima também, mas aí a história é contada rápida demais e acaba clichê né :(

    18 de agosto de 2016 at 17:06
  • Responder Yris

    Eu também sou dessas,que só de olhar para a capa do livro já me apaixono e fico louca para comprar.Pena que alguns deixa a desejar em relação ao tempo da história.

    31 de agosto de 2016 at 14:28
  • Responder