Livros

Resenha: Feios

feios

Como eu estava ansiosa por uma série distópica e, é exatamente isso que temos em Feios! O mundo acabou de algum jeito que ninguém sabe e a sociedade se reerguer dividindo as pessoas em grupos. Soa familiar não? Hahaha. Mas, não se preocupe, apesar do clichêzão, Feios consegue ser diferente e emocionante.

Só que, preciso admitir, enquanto eu lia o livro, ia achando a ideia bem grotesca. Afinal, é bem isso: as pessoas são divididas em feias e perfeitas. Os feios são como nós, humanos normais! Cada um com sua aparência diferente e única. Os perfeitos… Bem, são perfeitos. Através de uma cirurgia, realizada aos 16 anos, a pessoa é transformada numa versão melhor de si mesmo. A ideia é interessante, mas lendo de fato, comecei a achar bastante estranho, como os diálogos da Tally insistindo em “eu quero ser perfeita”. Não sei explicar, mas quem ler vai entender do que estou falando (espero).

Por falar em Tally, ta aí a primeira protagonista de livro que eu tenho vontade de matar, hahaha! Ok, eu não ODEIO ela… Mas, até certo ponto, ela é simplesmente insuportável. Ela fica com aquela ideia infantil que ser perfeita é a melhor coisa, quando é muito óbvio que não é (pelo modo que a “perfeição” é descrita nos personagens). Pelo menos, em algum momento, ela melhora. E no final, dá pra sentir um orgulhinho dela! <3

Uma das coisas que gostei muito em Feios foram os capítulos curtos. Quando você termina o livro, fica achando que ele é relativamente grande para uma trama tão simples. Porque sim, a trama é simples! Basicamente, o que você leu na sinopse ali em cima, é o livro inteiro! O detalhe é que no decorrer da leitura você descobre personagens e outras informações importantes mas é, a história toda é aquilo ali. Só que, quando parei para pensar, percebi que não tinha enrolação nenhuma, os capítulos que passavam rapidamente fizeram com que a história fosse contada do jeito certo.

Não há muito mais o que falar sobre Feios. Eu curti bastante. É o meu livro distópico favorito? Não. Mas, para os fãs do gênero vale a leitura! Também fiquei bastante curiosa pelo próximo livro então, vamos aguardar!

Share:
Post Anterior Próximo Post

Posts Relacionados

2 Comentários

  • Responder Clayci

    Dani eu fiquei com muita vontade de ler esse livro, mas adiei a leitura porque criei um certo preconceito com o nome e a divisão na história. Só que sua resenha conseguiu fazer com que eu me animasse de novo =)
    Quero dar uma chance pra leitura sim
    Beijos

    28 de julho de 2016 at 12:22
    • Responder Daniella Santos

      Que boom Clay!!!
      Recomendo viu, é uma leitura muito boa!
      Quando ler me conta o que achou.
      Beijoos <3

      2 de agosto de 2016 at 20:54

    Responder