Livros

Resenha: Dama da Meia-Noite

dama-meianoite

Sério. Que alegria estar vindo fazer essa resenha. Que alegria poder voltar ao mundo dos Shadowhunters! Já começo falando que Dama da Meia-Noite é AMOR! A continuação da série Os Instrumentos Mortais (OIM) não perde, absolutamente em nada, para o seu “irmão mais velho”.

Preciso confessar uma coisa, ainda não li Cidade do Fogo Celestial! Sim, me matem. Terminei o 5º livro da série pouco depois que foi lançado (li OIM em inglês), e o 6º só viria um ano depois. Comprei o livro mas como já tinha váarios na frente, acabei deixando. Então, esse parágrafo é pra você que, assim como eu, não leu todos os livros de OIM. Tem spoiler? TEM! Mas, trust me, não é nenhum spoiler que você já não sabia que ia acontecer, hahaha (a menos que você só tenha lido Cidade dos Ossos). Fora isso, você não vai ficar perdidão na história caso não tenha terminado OIM.

dama

Voltando ao foco. Dama da Meia-Noite é perfeito. Ele começa bem introdutório e, geralmente, eu não gosto disso. Acho que ter um primeiro capítulo empolgante faz com que eu me prenda a trama mais facilmente. Mas isso é só um detalhe diante de um livro tão amor, <3. Basicamente, os Caçadores de Sombras do Instituo de Los Angeles, precisam resolver uma série de assassinatos. O mistério em torno disso, na minha opinião, é bem simples pelo seguinte motivo: são introduzidos poucos personagens no livro. Então, no final, você não se surpreende com a descoberta dos fatos, hahaha.

Você precisa agir mais como um humano normal – disse Jules. – Quando estamos em público.

– Ele não precisa parecer normal – falou Ty rispidamente.

– Ele esbarrou em um orelhão e disse ‘me perdoe, senhorita’ quando estávamos entrando.

Desde o início, notei que havia bastante foco na relação entre Emma e Julian. Eles são parabatai, claro. Mas, senti que tinha algo a mais. Em Dama da Meia-Noite, a Cassie (diva <3) deixa bem claro que não pode existir amor romântico entre parabatais (a Lei é dura, mas é a Lei). E, guess what? É isso que acaba acontecendo com os protagonistas! Só posso dizer que A-M-E-I! Como eles vão resolver isso? Só saberemos nos próximos livros. Mas uma coisa é certa: Cassandra Clare sabe escrever cenas de romance.

Tecnicamente, a escrita da autora continua perfeita. No início senti um “desconforto” pois, como eu disse, fiz a leitura de OIM em inglês. Mas isso logo passou, pois a tradução ficou extremamente fiel ao original! Sem traduções de nomes ridículos, sabe? A leitura fluiu lindamente mesmo com os capítulos extensos. Aquele humor característico também está presente, o que só torna tudo mais agradável. E não vamos esquecer da capa, né minha gente?! Que coisa mais divina da natureza! Perdi vários minutos olhando para o holo, hahaha. <3

dama-fangirl

Infelizmente, não tem mais muito o que falar, apesar de ser uma trama bem desenvolvida, com mais algumas palavras já daria pra saber o que acontece no livro todo, hahaha. Suficiente dizer que, se você já é fã da Cassie, Dama da Meia-Noite é um MUST. Se não é? Tá esperando o quê, criatura?! Compra logo que você não vai se arrepender. <3 Eu, por exemplo, já estou morrendo de saudades e louca para ler tudo de novo! Agora, sentar e esperar pelo próximo!

Share:
Post Anterior Próximo Post

Posts Relacionados

2 Comentários

  • Responder Ana Claudia

    Tô louca pra ler esse livro e pra terminar OIM, mas tenho problemas de pilha de livros que devem ser lidos antes de comprar novos se não minha mãe terá um treco.
    Adorei o post e achei que iam ter muitos spoilers de OIM e nem teve vai…
    :P

    28 de Maio de 2016 at 15:44
    • Responder Daniella Santos

      Nem me faleee, minha lista está enooooooorme!
      E não teve muitos spoilers no livro inclusive, hahahaha.
      Nada que eu já não imaginasse que ia acontecer já que não li o último livro, haha.

      1 de junho de 2016 at 12:21

    Responder